Segundo o relatório divulgado pela Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), a produção brasileira de celulose e papel em 2012 se manteve estável, na comparação com 2011. De janeiro a dezembro, foram produzidas 14 milhões de toneladas de market pulp, como é chamada a celulose vendida ao mercado, e 10,1 milhões de toneladas de papel.

As exportações do setor totalizaram US$ 6,6 bilhões no ano, o que representa uma queda de 7,4% em relação a 2011. Foram exportadas 8,5 milhões de toneladas de celulose e 1,9 milhão de toneladas de papel.

As vendas de papel no mercado doméstico foram de 5,5 milhões de toneladas, acumulando alta de 3,7% no ano, o que contribuiu para manter o equilíbrio do mercado frente à crise econômica mundial.