O endividamento líquido consolidado foi de R$ 3.278 milhões em 2012, comparado aos R$ 2.735 milhões em 31 de dezembro de 2011, influenciado pelo efeito apreciação do câmbio sobre a parcela da dívida em moeda estrangeira. O aumento da geração de resultados da companhia compensou o impacto da variação cambial sobre a dívida em moeda estrangeira e reduziu a relação dívida líquida/EBITDA, que era de 2,5 vezes no final de 2011, para 2,4 vezes em dezembro de 2012.
 

Endividamento (R$ milhões)

31/12/2011 31/12/2012
Curto prazo 910 17% 1.121 19%
Moeda local 373 7% 387 8%
Moeda estrangeira 537 10% 734 15%
Longo prazo 4.387 83% 4.914 81%
Moeda local 1.295 24% 1.279 21%
Moeda estrangeira 3.092 58% 3.635 60%
Endividamento bruto 5.297 100% 6.035 100%
Moeda local 1.668 31% 1.666 28%
Moeda estrangeira 3.629 69% 4.369 72%
(-) Disponibilidade 2.562 2.757
Endividamento líquido 2.735 3.278
Dívida líquida / EBITDA 2,5 x 2,4 x