No ano, o lucro líquido acumulou R$ 752 milhões, ante R$ 183 milhões em 2011. Além do crescimento da geração operacional de caixa da companhia, o resultado foi influenciado pela maior variação do valor justo dos ativos biológicos, parcialmente compensada pela depreciação do real.
 

Evolução dos negócios  (31/12/2012)

R$ milhões Florestal Papéis Conversão Eliminação Total
Vendas líquidas
Mercado interno 307 1.201 1.661 - 3.169
Mercado externo - 867 128 - 995
Receita de terceiros 307 2.068 1.789 - 4.164
Receitas entre segmentos 487 881 13 (1.381) -
Vendas líquidas totais 794 2.949 1.802 (1.381) 4.164
Variação valor justo dos ativos biológicos 886 - - - 886
Custo dos produtos vendidos (818) (1.919) (1.454) 1.368 (2.823)
Lucro bruto 862 1.030 348 (13) 2.227
Despesas operacionais (29) (308) (212) (34) (583)
Resultado operacional antes de despesas financeiras 833 722 136 (47) 1.644